(85) 3227-9662 - Mecânica Especializada | ZF AutoCar

6 itens para você checar no seu carro regulamente.

6 itens para você checar no seu carro regulamente.

1- Óleo
Verificar o óleo do motor do automóvel é uma das atividades de manutenção mais simples e mais importantes. O melhor momento para verificar o óleo é quando o motor está quente. Para isso, basta localizar a vareta, retirá-la e verificar o nível, a cor do óleo deve ser clara e fluida, não preta e gelatinosa.

2- Fluido de transmissão
Fluido de transmissão é o que mantém as engrenagens do seu carro funcionando. Verificar este item é tão simples quanto verificar o óleo, basta procurar por uma vareta chamada transmissão e repetir o mesmo processo feito com o óleo. Nesse caso, você deve procurar um fluido de transmissão limpo e sem flocos de metal. Se você encontrar pedaços ou flocos de metal ligado à vareta, leve o seu carro ao mecânico imediatamente.

3-Bateria
Uma maneira fácil de verificar a carga da bateria é utilizar um voltímetro através dos polos. Você também pode verificar se os terminais da bateria estão limpos e sem corrosão.

4- Água do radiador
O radiador mantém o motor frio, por isso é importante garantir que ele tenha água. Então abra a tampa e verifique se tem água no reservatório. Se não tiver o suficiente, adicione água. Se você estiver em um local que a temperatura é muito baixa, talvez seja necessária a adição de anti?congelante.

5-Luzes
Esta é uma tarefa simples, mas útil, especialmente se você estiver viajando à noite. É importante verificar todas as funções de iluminação como faróis, lanternas, luzes de freio, luz de ré e setas.

6-Pneus
Este é outro procedimento simples e importante. Seus pneus são a única ligação que você tem com a estrada e, por este motivo, você deverá tratá-los muito bem. Primeiramente, pegue um medidor de pressão e verifique a pressão interna de cada pneu e compare com a medição indicada pela montadora. Além disso, verifique o desgaste de cada um dos pneus, confira se não estão carecas ou se um lado não está mais gasto do que o outro, pois isso pode significar falta de alinhamento.

 

Um carro bem cuidado, carro valorizado.

Um carro bem cuidado, carro valorizado.

Há sempre a dúvida de como cuidar do carro para que ele não acumule problemas e defeitos, que na hora da troca vão dificultar a venda e acabar deixando o seu carro com um valor abaixo do que ele realmente valeria. As dicas são simples e podem prevenir a desvalorização e até acidentes graves.

-Mantenha o carro limpo

-Verifique o óleo do motor

-Fique atenta à pressão dos pneus

-Cuide da lataria

-Use peças originais na reposição

-Faça alinhamento e balanceamento

-Não mantenha o pé sobre a embreagem

-Utilize o giro do motor em níveis adequados

-Faça a manutenção dos componentes do motor

O mais importante, tenha uma oficina mecânica de confiança, onde se cobre preços justos, não faça reparo desnecessários e a que cima de tudo, que seja competente e eficiente naquilo desempenha.

Porque trocar o óleo é importante para o carro?

Porque trocar o óleo é importante para o carro?

O óleo é como se fosse o sangue do carro, ele percorre todo o motor fazendo esse funcionar, se o óleo passa do prazo de validade para a troca acaba não exercendo a função dele de maneira benéfica ao carro, pois quanto mais ele queima, mais impurezas vai deixando no motor.
Por isso a importância de seguir a risca o manual do carro que explica da melhor forma, qual o momento certo para a troca do óleo, lembrando que é necessário fazer a troca total e nunca apenas parcial, e fazer juntamente a troca do filtro de óleo também, porque ele acumula muitas sujidades.
Seguindo esses passos, lendo o manual e comprando um óleo de qualidade, você previne futuros problemas com o motor e aumenta a vida útil do carro.

Balanceamento, quando fazer?

Balanceamento, quando fazer?

Balanceamento do carro trata-se de um procedimento que serve para equilibrar o carro o conjunto roda/pneu/válvula ou câmara do veículo por meio de contrapesos de chumbo. E a sua função é melhorar a estabilidade do veículo. Existem dois tipos de desbalanceamento o estático e o dinâmico.

O estático que provoca uma vibração no plano vertical da roda, sentido principalmente dos 60km/h em diante. O dinâmico faz as rodas cambalearem para os lados e é sentido quando o carro está com a velocidade entre 70 a 130 km/h.

Para que não haja risco para o condutor as empresas de pneus dão a dica de quando é necessário fazer o balanceamento do carro.

– Quando os pneus atingirem 10 mil km rodados;
– Quando forem trocados por novos;
– Quando for feito rodízio de pneus;
– Quando o motorista sentir qualquer vibração estranha no volante;
– Quando efetuar reparo na câmara de ar dos pneus.

Um carro bem balanceado é um carro estável e por isso mais seguro, fique de olho em qualquer alteração na dirigibilidade do carro e leve para sua oficina de confiança.

Higienização do filtro do ar condicionado em casa.

Higienização do filtro do ar condicionado em casa.

Sabe-se que os filtros de ar condicionados acumulam muitas sujeiras e patogênicos causadores de doenças, o que é pouco divulgado é que a limpeza e a troca dos filtros do ar condicionado pode ser feito em casa e sem grandes custos.

Tudo o que você precisa é o manual do carro, uma chave tipo Philips, filtro novo para fazer a troca e um  ozonizador, que ajuda a fazer a limpeza completa do ar do seu carro.

É preciso ter muito cuidado para não danificar o painel na hora de abrir para trocar o filtro, pois qualquer falha pode gerar prejuízos ao corro. A troca do filtro é simples e vem explicado no manual do fabricante, basta seguir o passo a passo e fazer os encaixes necessários, para aplicar o ozonizador é preciso de um pouco mais de cuidado pois ele é um produto altamente inflamável, por isso vêm com um prolongador, que deve ser colocado bem no fundo dos difusores de ar. Se o produto vazar, ele pode manchar o painel ou o sistema multimídia. Confira as instruções de uso e não esqueça de agitar a embalagem antes de utilizar.

Mas se você não se sente seguro de fazer só a limpeza de filtro do seu carro, é importante procurar um serviço especializado, porque o ar que sai do ar condicionado é sujo e podem causar severas doenças em quem utiliza o carro.

Porquê não temos carro de passeio a diesel no Brasil?

Porquê não temos carro de passeio a diesel no Brasil?

É comum encontrar na Europa, Estados Unidos e até mesmo aqui nas nossas vizinhas sul-americanas carros a diesel, mas porque no Brasil não?

Essa é uma pergunta que tem sido recorrente visto a grande alta de preço da gasolina nos últimos tempos, além do custo e beneficio que carros que rodam a diesel tem em relação a carros que usam outras fontes de energias.

A verdade é que o Brasil parou de fabricar esse tipo de motor para carros de passeio em 1976 por determinação do governo após a crise de petróleo de 1973, sendo possível ultilizá-lo apenas para fins comerciais, principalmente em caminhões e ônibus. E qual foi o principal argumento utilizado para que o Diesel não voltasse a ser utilizado após a crise? Ele soltava muitos poluentes e por isso piorava a qualidade do ar das cidades.

Muito tempo se passou e após a produção do diesel S10 esse tipo de argumento não é mais válido, pois ele solta poucos poluentes no ar, porem ainda assim a proibição é vigente no Brasil e apesar de ter sido a ser votada várias vezes, não há interesse em desfazer a lei e voltar a produzir diesel em alta escala para consumo particular.

Dentre as principais vantagens  do motor movido a diesel, é a capacidade que eles tem de rodar muito mais por litro, o baixo valor de mercado comparado com a gasolina e os motores chegam a ser mais duráveis.

E muito embora haja restrição é possível comprar alguns carros a diesel no Brasil, os utilitários que têm motorização turbodiesel têm torque alto em giro baixo, o que oferece boa dirigibilidade e capacidade para levar muita carga a longas distâncias.

 

 

Freios ABS como funcionam e quais os cuidados.

Freios ABS como funcionam e quais os cuidados.

O sistema de Freios ABS (Anti-lock Breaking System), evita que as rodas travem quando o pedal do freio é pisado fortemente, permitindo que o condutor possa fazer o desvio de algum obstáculo que se encontra a frente, pois o condutor não perde o controle do carro, como no sistema normal, que há travamento das rodas e consequentemente o carro derrapa e não tem como fazer qualquer desvio e evitar um possível acidente.

Por esse motivo a importância do bom funcionamento do sistema é imprescindível e para que isso ocorra, além da manutenção regular é preciso ficar de olho nas luzinhas do painel, e caso ela acenda, levar o carro para uma oficina mais perto.

Os problemas mais comuns no sistema de freios ABS são:

Pastilhas gastas. Alguns veículos possuem sensores de desgaste montados nas pastilhas e eles vão fazer a luz acender no painel.
Mau contato na fiação e conectores dos sensores de roda. Incluindo umidade.
Montagem errada da peça. Distância irregular do sensor em função da roda fônica ou magnética que ele monitora.
Defeitos, deformidades, ausência ou posição irregular da roda fônica ou magnética lidas pelos sensores.
Peças erradas, como sensores ou rodas fônicas ou mesmo as magnéticas incorporadas aos rolamentos.
Vibrações nas rodas monitoradas, sejam por folgas nos eixos ou mesmo de rolamentos ou sensores.
Danos ao módulo de comando, seu plug ou a unidade hidráulica que contem as válvulas de controle do ABS.
Problemas elétricos nos cabeamentos das unidades, falta de alimentação ou até interferências eletromagnéticas.

Para um diagnóstico preciso de qualquer avaria do sistema é importante o mecânico ter um scanner automotivo. Assim, pode identificar o código do defeito e fazer o respectivo reparo de maneira controlada e eficaz.

No carnaval não deixe o seu carro sair sem proteção!

No carnaval não deixe o seu carro sair sem proteção!

O carnaval chegou e está todo mundo querendo cair na folia, e nada melhor que viajar com a família para aproveitar a folga e se divertir nesse feriadão.
Melhor ainda é quando o nosso carro está todo revisado e pronto para cair na estrada sem dor de cabeça.

Então nesse carnaval não esqueça o mais importante: a segurança da sua família e a sua, por isso veja se todos os documentos e itens do carro estão em dia.

E se tiver qualquer dúvida e só trazer o carro pra gente dar uma olhada, garantimos um serviço cuidadoso e minucioso para que o seu feriado seja só alegria e sem nenhuma preocupação.

Ah! E claro, se for beber não dirija,
Vamos aproveitar o carnaval com alegria e proteção!

Problemas na embreagem? Descubra.

Problemas na embreagem? Descubra.

A embreagem é um conjunto mecânico que tem por objetivo interromper a rotação do motor que é transmitida ao câmbio, assim, com o cambio parado (ou quase parado), o motorista consegue fazer a mudança das engrenagens sem que elas se atritem, evitando aquele famoso ruído “clrahss.

Geralmente os “sintomas” percebidos no carro quando há um problema de embreagem são ruído na hora de trocar a marcha, um barulho semelhante a um ferro batendo em um ferro, e isso pode indicar que ela não está abrindo as engrenagens o bastante para a troca de marcha. O pedal mais firme do que o de costume também pode indicar desgaste nas peças, assim como o carro tremer na hora da troca da marcha.

O importante é ir ao mecânico de confiança assim que qualquer desses problemas descritos a cima aparecer, pois só a avaliação será capaz de identificar o problema, e lembre-se quanto antes você leva-lo a uma oficina, provavelmente mais em conta sairá o reparo do carro.

Problema no câmbio? Veja quais são os sinais.

Problema no câmbio? Veja quais são os sinais.

O Câmbio é uma parte fundamental do funcionamento seguro do carro, pois é ele que dita a intensidade da potência do motor e é a partir da transmissão que ele faz, que as rodas do veículo se movem.

Logo o desgaste dessa peça é normal e por isso exige cuidados e atenções redobradas. A manutenção preventiva é sempre a mais econômica, e muitas vezes a simples troca do fluido de embreagem pode ajudar a evitar problemas mais sérios.

Os principais sinais que o seu câmbio pode dar sugerindo problemas são, marchas que não se encaixam; cheiro de queimada ao passá-la, pois o cheiro de óleo queimado, pode ser um sinal de superaquecimento da transmissão; ruídos em ponto morto e quando a alavanca desencaixa retornando para o ponto morto.

Se qualquer desses sinais ocorrer o carro poderá enguiçar a qualquer momento e você deve levar urgentemente o carro a uma oficina.